Histórico

Apesar da sua recente criação, o Campus Florestal apresenta uma antiga história ligada ao ensino técnico, que começou em 26 de abril de 1939, quando foi inaugurada a Fazenda-Escola de Florestal, no Governo de Benedito Valadares. Esta instituição se destinava à formação de capatazes e administradores de fazendas, além de oferecer cursos rápidos para fazendeiros. Em 1943 foi dada outra finalidade ao estabelecimento, que passou a abrigar estudantes menores de idade, ministrando-lhes ensino primário e profissional agrícola, subordinado ao Departamento de Ensino Técnico da Secretaria da Agricultura. O Decreto n.º 2740, publicado em 26 de maio de 1948, durante o governo do Dr. Milton Soares Campos, tendo como Secretário da Agricultura o Dr. Américo René Gianetti, transformou a Fazenda-Escola em Escola Média de Agricultura de Florestal (EMAF). Esta instituição teve como seu organizador e primeiro diretor o professor Geraldo Francisco Correa, da Escola Superior de Agricultura de Viçosa (ESAL). A EMAF foi regulamentada pelo Decreto-Lei n.º 2.931, de 13 de novembro de 1948, iniciando suas atividades em abril de 1949, com o Curso Médio de Agricultura, destinado à formação de técnicos agrícolas. Pela Lei n.º 1360, de 05 de setembro de 1955, a EMAF foi incorporada à Universidade Rural do Estado de Minas Gerais (UREMG), atual UFV.

O Decreto n.º 5012, de 08 de maio de 1956, deu-lhe nova regulamentação. A partir de 22 de novembro de 1981, por meio da portaria 102/81, passou a denominar-se Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal (CEDAF). No dia 22 de maio de 2006, resolveu o Conselho Universitário (CONSU), consolidar a área que sedia a CEDAF como Campus da Universidade Federal de Viçosa, por intermédio da resolução 07/2006. Em 2008, iniciou-se no Campus Florestal o oferecimento de cursos superiores, com os cursos tecnológicos em Gestão Ambiental e Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Em 2009, foram implantados os cursos de licenciatura em Física, Química, Matemática e Ciências Biológicas. Em 2010, iniciaram os cursos de licenciatura em Educação Física e bacharelados em Engenharia de Alimentos e Agronomia. Em 2011, o curso de Administração também passou a ser oferecido. No ano de 2012 foi aberto o curso de bacharelado em Ciências da Computação. O Campus Florestal possui reconhecida competência na formação de recursos humanos e desenvolvimento de ensino, pesquisa e extensão na área de Ciências Agrárias.

A tradição agrária estabelecida, aliada à existência de cursos voltados para questões ambientais, fomenta a criação do Mestrado Acadêmico em “Manejo e Conservação de Ecossistemas Naturais e Agrários”. Com a presente proposta, será possível o fortalecimento e a expansão da excelência em pesquisa e pós-graduação da UFV, já reconhecida em seus demais Programas. O Mestrado insere uma nova perspectiva na formação de profissionais qualificados que contribuam para uma produtividade agrícola eficiente e economicamente viável, em harmonia com a conservação da biodiversidade e a preservação do meio ambiente, solucionando problemas e mitigando impactos ambientais causados pelas cadeias produtivas.

BUSCA NO SITE

Endereço

Campus Universitário

Florestal/MG – CEP: 35690-000

Tel.: (31) 3536-3367

E-mail: mcena@ufv.br

 

Equipe de Desenvolvimento Web/UFV - 2013 - Mantido com Wordpress